30 de julho de 2012

Beterraba

Fui à aldeia e a minha tia deu-me uma beterraba pois disse que fazia muito bem ao colesterol. A beterraba foi partida aos bocadinhos, cozida e depois pu-la a boiar num puré de courguette e cenoura. O seu sabor é intendo...até parece que sabe a "terra"...lol...mas até se comeu bem e mediante as minhas pesquisas é muita rica em vários nutrientes e não faz mal nehum em intriduzi-la na nossa alimentação!!
Acima de tudo é uma excelente fonte de ácido fólico, que é muito importante, em especial para as mulheres grávidas e para aquelas que pensam engravidar!!Para além disso, o ácido fólico é importante para evitar um tipo de anemia.
A beterraba também contém algum ferro, vitamina C e a riqueza em potássio tornam este alimento útil na normalização da tensão arterial. Contêm fibras solúveis que ajudam a baixar os níveis de colesterol total e LDL (mau colesterol), implicados no risco acrescido de doenças cardiovasculares. A beterraba também tem grandes qualidades purificadoras, a estimulação do fígado, dos rins, da vesícula, do baço e dos intestinos, são algumas das propriedades reconhecidas pelos naturopatas.



28 de maio de 2012

Crómio

Tenho  andado a pesquisar alguns assuntos acerca de apetite e emagrecimento. Ando duas vezes por semana no ginásio e pratico spining e o indoorwalking...perco bastante calorias e depois ainda vou para as máquinas para reforçar a parte muscular...mas a balança não se tem mexido! :(
A verdade é que na alimentação de vez em quando perco-me... principalmente quando me dá aquela compulsividade por coisas doces...parece por demais possa...pareço aqueles fumadores que ficam nervosos se não fumarem um cigarro....lool...


Porque é que temos gula??? ...porque é que de repente da-nos aquela vontade de comer algo doce?...
Acontece que temos os chamados "picos" de insulina no sangue e isso acontece quando comemos muito açucar refinado. Imaginem que para o açucar chegar as celulas precisa de um carro chamado insulina. Agora imaginem que se comermos uma bola de berlim não necessitamos de um carro insulina mas sim um camião! Deste modo, quando anda muita insulina no sangue, temos tendencia a ter mais gula. Dai termos de evitar estas passagens do camião insulina!lol
Para estabilizar a insulina no sangue existe um mineral que ajuda a isso - o crómio!Ele ajuda-nos a ficar mais calminhas porque o mau humor também está relacionado com isso e por vezes a nossa gula é simplesmente falta de crómio.
 "Cientistas descobriram que pessoas que não tem crómio são mais obesas. É um mineral que processa gordura e carboidratos. É essencial na digestão do acúcares, por isso é encontrado em abundância nas frutas e vegetais."
Muitas pessoas com baixos níveis de crómio sentem fome após as refeições, de forma espontânea e injustificada. As quedas súbitas dos níveis de açúcar no sangue podem ser responsáveis por esta vontade de comer, não necessária. Quando se toma um suplemento de crómio, o corpo ajusta com mais facilidade o nível de açúcar no sangue, o que, por sua vez, inibe o “desejo” de doces, chocolates ou refeições intercaladas. Para certas pessoas, ter “pouco açúcar no sangue” pode gerar apenas ansiedade mas, a verdade é que um grande número de pessoas sofre de sintomas que podem estar directamente relacionados com este baixo nível de açúcar no sangue. Alguns dos sintomas mais comuns são:
cefaleias
fadiga
insónia
alterações do humor/irritabilidade
tremores
vertigens
Estes sintomas costumam surgir poucas horas após as refeições causando também sensação de fome, irritabilidade ou palpitações. Estas situações desaparecem geralmente após a ingestão de alguma coisa doce, como um bocado de chocolate, mas isto pode originar aumento de peso, a longo prazo.
Muitas vezes quando queremos mesmo muito comer algo doce, na verdade, o que seu corpo está pedindo é crómio.  Além de ajudar a perder peso, o crómio previne a diabete.
É um produto a pensar! :)


6 de janeiro de 2012

Dia da Gratidão!

Ao longo da nossa vida não paramos de desejar coisas e de querer isto ou aquilo não é?...ou queremos uma vida melhor, um trabalho mais interessante, um bom carro…Só pedimos…e já paramos para agradecer o que temos?Ás vezes nem nos apercebemos das coisas boas que nos rodeiam e acabamos quase por desvalorizá-las ou nem sequer lhes dar tanta atenção.
Hoje é o dia da gratidão por isso parei para ver o que tenho de bom na vida…não pode ser tudo mau de certeza….
Gratidão é um sentimento “leve”…sente-se um aconchego dentro do coração e esboçamos um sorriso inconscientemente….sabe tão bem! J    





A gratidão pode surgir de pequenos gestos, de coisas insignificantes que para cada pessoa têm uma reacção diferente…podemos sentir isso simplesmente com o facto de sentir o calor do sol tocar no nosso rosto…podemos sentir-nos gratos quando recebemos uma mensagem carinhosa de alguém especial…saber que alguém fez um “sacrifício” por nós sem ser forçado…
A gratidão também pode ser despertada quando relembramos situações que conseguimos superar…quando alcançamos nossos objectivos! Quando temos alguém que confia e acredita em nós. A gratidão pode ser vista como um “valor” em que figuram a honestidade, a gentileza, o respeito, o companheirismo. Os “valores” são tudo aquilo em que acreditamos e nos fazem agir da maneira como agimos….e a gratidão é um valor que nos ensina a ver certos momentos de outra maneira.
Ao sentirmos gratidão e ao termos esse valor na nossa vida, faz-nos ter um  interesse maior por tudo que nos cerca, fazendo com que nos entreguemos mais à  “vida”, à  felicidade, sem nos apegarmos a certas “mesquenhices” do dia-a-dia. Ao estarmos gratos pelo que temos, a vida até nos sorri mais…mas atenção…temos que estar gratos, de coração!!!

Eu estou grata por ter a família que tenho, pais e irmãs de coração!Estou grata pela saúde que tenho pois sei que há pessoas em pior estado. Estou grata por ter uma pessoa especial a meu lado que gosta de mim como sou. Estou grata por estar confortável e ter um tecto. Estou grta pelas amizades dos verdadeiros amigos. Estou grata por acordar todos os dias. Estou grata por ter forças e coragem para mudar…estou grata por estar viva!!!

Obrigado, já agora, a todos que lêem as minhas palavras...fico grata por isso!  J

11 de setembro de 2011

Urban Interiorites – um estímulo aos sentidos!














Reparem na complexidade deste projecto e de como ele desperta a nossa curiosidade ao tentar perceber o que é o quê.
Aquelas cores vivas incentivam-nos o olhar( usaram e abusaram de tons rosas, dourados e metálicos e o efeito é fantástico)
  











…parece que queremos tocar aquela textura…
Ficamos mais “vivos” e atentos a todos os pormenores!
 
















Este equipamento contem cafés, bares, um restaurante de sushi e um lounge situado na cidade de Harajuku, no Japão. Esta ideia surgiu de um projecto universitário em que a intenção era que a arquitectura e o mobiliário fossem uma coisa só. 
Cada vez mais se vê uma maior preocupação em criar espaços que causem sensações nas pessoas através da arquitectura e design e este é um deles!
 

O equipamento dá a sensação que se está dentro de uma gigantesca flor carnívora…tudo tão futurista e surreal!. Fica difícil perceber o que é cadeira, o que é mesa…deve ser uma experiência incrível estar aqui! :)




 

19 de agosto de 2011

14 de Agosto - 36 anos de casados dos pais

Este dia, ou melhor, a noite foi em grande pois o meu cunhado fez 30 anos no dia 13 de Agosto e fomos todos comemorar esta linda data com ele e amigos. Foi uma "festa de branco" passada na casa dele em Ponte de Lima...a tarde passou-se na piscina com muita sol e divertimento e a noite foi acompanhada com tochas românticas, barman, música e comida! :)















Ao bater a meia noite apareci com um bolo surpresa
para os "casadinhos" e fizemos um brinde em grande!...
Adoraram claro! :)
















Presenteei os meus pais com este miminho!:)
Parabéns paizinhos...adoro-vos muito!:)
 
video

28 de julho de 2011

Aniversário Avozinho

Ontem comemoramos o Aniversário do Avô e ele andou todo contente...a família toda junta como ele gosta de ver e acompanhado com boa comida! :)...Como ele diz: "eu não sou esquisito...tudo que cair ao prato, como"....lol 
Nota-se já alguma diferença do ano passado para este ano... mais ruguinhas...um rosto mais abatido depois de um ano sem a sua companheira...mas é a vida...e ele continua a querer vive-la e a querer aprender sempre coisas novas...agora até se interessa pelos "dizeres" do facebook acerca de Almendra! :)
Que os comemores por mais muitos anos avô na nossa companhia e com essa saúde que tens!

26 de julho de 2011

Dia dos Avós

Hoje que é o Dia dos Avós aproveito para escrever algo acerca do meu único e querido avô! Que ele continue como está, sempre bem disposto, alegre e activo! 

Este fim de semana fomos até Almendra tratar de algumas coisas e buscar "alimentos" que, segundo o avô já estava na altura se não depois estragavam-se.
Estava imenso calor no interior...abrimos logo as janelas do piso superior a ver se ao menos uma brisa corria...à tardinha, depois do jantar, fomo-nos pôr à  "fresquinha" - como o termo diz, as pessoas puxam de uma cadeira para o exterior e sentam-se no passeio da casa que anteriormente levou com um balde de água para refrescar   :)

Aqui está o avô numa de leitura, com o seu livrinho "Irmã Lúcia"...na calmia do Largo da Amoreira...
...aqui apenas passa de longe a longe um carro...lol...
...vê-se um cão encostado a arfar de calor...
...ouvem-se os pardais nas árvores...
...passa um vizinho e cumprimenta "atã cumpadre, vocemessê já ceou"?








Depois lá fomos até ao "prédio" dele, o Carrascal! Fica no alto da colina e ali podemos apreciar um por do sol lindíssimo, rodeados de montanhas e céu!
Aqui lá nos mostrou todo orgulhoso o "biscate" que ele andou a preparar para arrumar os "farragatchos" dele...levantou então dois "barracos" com cimento e...outros materiais...lol
 








..pôs chapas de zinco na cobertura...reutilizou uma velha porta nossa que dizia todo orgulhoso "não deitei nada fora, olha como funciona bem"...aproveitou umas persianas...enfim...saiu dali o que se chama de Arquitectura Popular! :)

Depois, segui-se a "apanha" das abóboras, dos melões, dos tomates...
...e ele sempre fresco, com aquela genica toda a abaixar-se, a puxar, a arrancar, como se fosse tudo fácil!...





...eu também apanhei...pelos menos também os "acartei" para a carrinha...e bem que eram pesados! :)




Depois, fomos ao "barraco" apanhar batatas - vermelhas, brancas, pequenas, grandes, uma mais esfarelada - de joelhos e a pô-las nos respectivos baldes e caixotes para depois distribuir pela família...


Ó maninhas, para a próxima vêem vocês! :)






E para terminar o passeio em grande só faltava sermos rodeados por este rebanho de ovelhas que nos bloquearam o caminho...que "chinfrim" faziam elas e o cão que as guardava!

E pronto, mais um dia no campo...e um bom banho depois de tanta poeira!Ufa....






13 de julho de 2011

Queimar gordura com certos alimentos

Estou sempre a pesquisar acerca dos alimentos, saúde, dietas - na esperança de descer mais uns quilinhos na balança - e encontrei este artigo que enumera certos alimentos que queimam gordura.

Amêndoas – O ácido linoléico ajuda o corpo a melhor metabolizar gorduras. As amêndoas, assim como as nozes e castanhas, melhoram a pele, o cabelo e ainda ajudam o cérebro evitando doenças como Alzheimer! O ideal é manter um consumo mínimo pois possuem muitas calorias e devem ser consumidas com moderação.

Morango, mirtilo e framboesa – Repletos de vitamina C e fribras, estas  frutas ajudam a queimar mais gordura durante os exercícios além das fibras ajudarem com a sensação de saciação, reduzindo o apetite.

Canela – A canela ajuda a controlar a insulina, evitando picos que acabando sinalizando incorrectamente para o corpo que ele deve guardar gordura ao invés de queimá-la. Pode-se consumir a canela de diversas formas, desde chás até adicionando um pouquinho em sobremesas,iogurte, cereais ou até mesmo no café.

Mostarda – O componente activo da mostarda - tumérico - ajuda a tornar mais lento o crescimento de tecido gorduroso. Pode-se consumir as próprias folhas de mostarda ou consumir o tempero industrializado adicionando-o a sandes, saladas...

Laranja – As flavonas na laranja ajudam a queimar gordura literalmente, tanto que a laranja é um ingrediente comum em pílulas para emagrecimento.

Brócolos – Um vegetal rico em fibras que adicionado a qualquer refeição ajuda a controlar as porções já que fibras dão uma sensação de saciedade, tornando fácil a meta de comer controladamente.

Acaí – O açai é uma fruta que ajuda a queimar gordura acelerando o metabolismo e ajudando o corpo a trabalhar de forma mais eficiente e rápida.

Espinafre – Mais um “verdinho” rico em fibras. O espinafre é riquíssimo em cálcio, que por sua vez, é um mineral que ajuda a reduzir a quantidade de enzimas produtoras de gordura, além de ajudar na quebra das gorduras.
  
E pronto, é experimentar... :)

Quanto aos espinafres, lá por eles terem cálcio nao quer dizer que o ideal será beber leite, até porque o leite tem muito mais calorias que o espinafre e isso não iria contribuir para a perda de peso. O espinafre contém tudo o que o leite tem e muito mais ferro e vitamina C que o leite. O leite, por sua vez, não contém fibras e pode causar problemas digestivos e intestinais em muitas pessoas, além de causar o “efeito estufa” no abdómen!
Quanto aos alimentos - açai, amêndoas e mostarda - acredito que tem que ser tudo comedido e controlado...um punhado de amêndoas pela manha com uma fruta vermelha não vai mal...lol..vou experimentar! :)

25 de junho de 2011

Masdar City, a extravagante cidade “verde” do futuro

Os Emiratos Árabes Unidos estão, sem dúvida, a conseguir assegurar uma posição de destaque na próxima vaga tecnológica no campo da energia, investindo para isso, parte dos excedentes que lhes vêm do petróleo. Muito na linha do que defendia o sheik Ahmed Zaki Yamani, quando afirmava que “A idade da pedra não acabou por falta de pedras e a idade do petróleo não acabará por falta de petróleo”. Depois de o Dubai ter apresentado o primeiro hotel de sete estrelas do mundo e ilhas artificiais em forma de palmeira, o melhor talvez seja levar bem a sério esta nova ambição dos Emirados Árabes Unidos.


















Estamos habituados a ver no cinema grandes filmes que nos transportam para cidades futuristas, como é o exemplo do “O Quinto Elemento” em que os carros entrecruzam-se vários metros acima do solo e agora mais parece que essa cidade futurista passará a realidade no deserto árido do Médio Oriente. Em Masdar, não precisará de conduzir! 
Os carros serão substituídos por "unidades de rápida transportação públicas", veículos movidos a energia solar, que poderão transportar seis passageiros às 1500 estações que estarão distribuídas pela cidade. Já testaram o protótipo Superbus, inteiramente movido a electricidade que tem seis rodas e doze portas, com uma capacidade de 23 lugares. Já o design não poderia estar mais longe dos autocarros (ônibus) tradicionais, fazendo lembrar uma versão alongada do carro de Michael Knight, em O Justiceiro.
Será possível criar, até 2025, uma cidade do futuro que seja inteiramente sustentável e alimentada a energias renováveis produzidas localmente? Parece-me que sim!


Masdar City é uma cidade sustentável em construção no deserto, a poucos quilómetros de Abu Dhabi, que junta a construção tradicional árabe à tecnologia de ponta. Masdar City pretende ser uma montra do que melhor se pode fazer em sustentabilidade. 
















O objectivo é criar uma cidade limpa, com zero emissões de carbono, sem lixo e, isto tudo, em seis milhões de metros quadrados no deserto. Será uma área projectada para interagir em harmonia com a Terra, reduzindo drasticamente os resíduos, a sua pegada de carbono e as emissões industriais". A cidade, que no total irá construir a casa de 40 mil moradores e centenas de empresas, integrará toda a gama de energias renováveis ​​e tecnologias de sustentabilidade, através de uma comunidade de vida e de trabalho. 















Um dos grandes objectivos de Masdar é promover o "andar". Por isso, as plantas da cidade contam com parques, praças e jardins projectados de acordo com a tradição paisagística árabe. Até as ruas e edifícios serão construídos para evitar a utilização do ar - condicionado. A orientação das fachadas e das ruas estreitas – sem a preocupação de espaço para os automóveis – e com aragens de vento tornam a cidade mais fresca do que qualquer outra naquela região. 
Masdar City vai funcionar a partir do sol. Uma grande central fotovoltaica de 100 mega watts já está operacional, servindo para alimentar os primeiros edifícios da cidade e as actividades de construção no local. Em paralelo, os edifícios terão água quente aquecida por painéis de solar térmico. Os planos para Masdar City incluem ainda uma gestão eficiente da água e uma central de dessalinização com recurso à energia solar. Masdar City é um oásis para qualquer ambientalista e um pólo de atracção empresarial da economia verde.
Resta saber se Masdar City se tornará um exemplo para o resto do mundo… ou mais um capricho restrito para as elites do petróleo.


11 de junho de 2011

Fallingwater

Este vídeo está espectacular…percebe-se perfeitamente todos os pormenores da casa. Um vídeo sensível à arte…a arte da arquitectura e a arte da música! A união da beleza da arquitectura com a beleza da sinfonia…extraordinário! Deixo-vos aqui um pequeno resumo da história da casa e do seu conceito arquitectónico.
 
Considerada uma das mais famosas casas do mundo, a Casa da Cascata é uma residência localizada 50 milhas a sudeste de Pittsburgh, em Bear Run.
O edifício foi desenhado em 1934 pelo arquitecto Frank Lloyd Wright, considerado o introdutor da arquitectura moderna no seu país, e construída em 1936 no sudoeste rural da Pensilvânia. Foi construída no meio dum bosque, no interior duma propriedade da família.
O projecto procurou implantar a casa sobre a cascata, encontrando apoio nos rochedos sobre os quais o proprietário costumava apanhar sol. Ela foi erguida parcialmente sobre uma pequena queda de água, servindo-se dos elementos naturais ali presentes (como pedras, vegetação e a própria água) como constituintes da composição arquitectónica. 
A casa, construída em betão, é formada por terraços em consola de grande desenvolvimento horizontal e por uma torre em pedra que inclui a lareira e forma o centro compositivo da casa. Os vários terraços formam um conjunto de volumes suspensos no espaço, contrariando a densidade da vegetação envolvente. Ligam-se à escarpa através de tirantes que fixam nas rochas e das vigas que definem em simultâneo as guardas dos terraços.
Quase todas as paredes são em vidro à excepção dos núcleos portantes, revestidos por pedra rude e pequena que contrasta com o acabamento liso e suavemente arredondado dos balcões cor de pêssego.
O interior da habitação desenvolve-se em torno da sala de estar central que apresenta várias expansões e evoca o ambiente de uma gruta pela presença, no pavimento, dos afloramentos rochosos.
A imagem simples e extremamente unitária do edifício esconde a profundidade das opções conceptuais e construtivas presentes. Representa o culminar do ideal wrightiano da casa integrada na natureza, respondendo à vontade de uma arquitectura que exprimisse vitalidade e fusão de estrutura, função, espaço e imagem por inspiração nas formas naturais.
Os muros em pedra, as lajes suspensas e a escada que da sala conduz junto à superfície do curso de água procuram a comunhão e a aproximação entre construção e terreno e, logo, entre o espaço humano e a natureza. Este conjunto de características transforma o edifício no paradigma da arquitectura orgânica de que Wright foi o expoente máximo.
Originalmente utilizada como residência de veraneio da família, a casa hoje é um museu.